Os 8 tipos de estereótipos principais

Os principais tipos de estereótipos são religiosos, políticos, raciais, de classe, de país, de gênero, sexuais e físicos.

Estereótipos são construções subjetivas que um indivíduo ou grupo de indivíduos realiza em outro indivíduo ou grupo. Eles simplificam a realidade e podem ser positivos, negativos ou neutros. Estereótipos são construções sem base científica.

Na sociedade em que vivemos, todas as pessoas fazem julgamentos sobre os outros, em um contexto em que, às vezes, não permite que você conheça profundamente a pessoa de quem estamos conduzindo o julgamento, e formamos uma opinião preconcebida sobre eles.

Estereótipos são generalizações das qualidades que um indivíduo pode ter, para todo o grupo de pessoas que compartilham características comuns com ele. Em alguns casos, as qualidades são atribuídas a um grupo do qual nada é conhecido.

Este último caso acontece com muita frequência com as idéias fornecidas pela mídia, que na sociedade em que vivemos são os principais formadores de opinião.

O maior problema com os estereótipos é que eles são muito difíceis de eliminar e quase sempre resultam em algum tipo de discriminação. Nestes casos, os indivíduos afetados pela aplicação do estereótipo perdem sua individualidade.

A psicologia tem sido responsável por anos de análise de estereótipos e encontrou um papel para o nosso contexto social.

Há uma necessidade humana de unir as pessoas com base na caracterização dos indivíduos, simplificando assim a realidade, que muitas vezes é muito complexa para definir os limites do grupo que estamos caracterizando.

Principais tipos de estereótipos

Estereótipos religiosos

Neste caso, estereótipos são formados sobre os valores e costumes das religiões minoritárias.

Como a maioria da sociedade não pratica ou compartilha esses valores, todos os que professam essa religião são criticados.

Infelizmente, as críticas formuladas para esses indivíduos geralmente se estendem além do que tem a ver com a adoração.

Ele apresenta uma ironia, e que esses estereótipos onde eles aparecem mais estão em países mais religiosos, onde a religião é algo intocável e inquestionável.

Estereótipos políticos

Com a mídia que temos hoje, os pensamentos dos políticos são disseminados maciçamente.

Desta forma, qualquer pessoa que pertença ao seu grupo político deriva automaticamente os seus próprios pensamentos para adoptar os do político ou grupo político que se segue.

Nade nasceu com uma ideologia preconcebida, então em algum momento ele decidiu seguir o político ou grupo político racionalmente.

Estereótipos raciais

A formação deste estereótipo é baseada principalmente na cor da pele ou pertencente a uma cultura.

A avaliação desse estereótipo pode ser positiva ou negativa e é produzida pelo fato de ser apenas diferente.

Quando todos os indivíduos de uma sociedade têm direitos e necessidades semelhantes e a cor da pele ou da cultura a que pertencemos não costuma mudá-los.

Estereótipos de classe

Pois a formação desse estereótipo é baseada no poder econômico, que é a principal causa de preconceitos e estereótipos sociais.

O problema com esses estereótipos é que eles geralmente são baseados na interação de um indivíduo com o resto da sociedade. E são situações em que preconceitos não devem aparecer.

Estereótipos do país

Este tipo de estereótipos pode ser incluído nos estereótipos raciais, mas estes vão um passo além. Em países onde há um grande número de imigrantes, eles são designados para todos os problemas daquele país.

Como regra geral, concentram-se na capacidade de trabalho dos imigrantes e atribuem-lhes personalidades dependendo do país de onde provêm.

Estereótipos de gênero

Provavelmente, este estereótipo de gênero é o mais difícil de mudar a sociedade e um dos mais prejudiciais. O problema com esses estereótipos é que eles estão totalmente enraizados em quase todas as pessoas sem que eles sejam quase notados.

Ao longo dos anos, na sociedade patriarcal em que vivemos, as mulheres estavam sendo desprezadas e, em algumas culturas, esquecidas e anuladas.

Na história, muitas vezes foram esquecidos, assumindo o homem o importante papel da história. Felizmente, com o tempo, eles estão recuperando o controle através de pequenas conquistas.

Até hoje, não nos parece estranho que uma mulher trabalhe e que ela seja uma grande profissional. Apesar disso, eles ainda não têm a mesma consideração que os homens e muitos estereótipos de gênero significam que as mulheres nas mesmas posições ocupadas por homens ganham menos que os homens.

Somente com o fato de reivindicar essas pequenas conquistas ao longo do tempo constitui a criação de um estereótipo em si. Assim, o desaparecimento dos estereótipos de gênero é muito difícil de desaparecer até que as diferenças entre homens e mulheres sejam consideradas apenas por sua natureza biológica.

Estereótipos sexuais

Os estereótipos sexuais aplicam-se a minorias com uma certa orientação sexual. Esses casais recebem determinados papéis de caráter e comportamento.

Uma coisa que as pessoas que ainda acreditam nesses estereótipos esquecem é que a homossexualidade, que é a principal causa da criação desses estereótipos, é uma relação que existe desde a antiguidade.

Ao longo dos anos, muitos dos estereótipos que se formaram sobre as relações sexuais vêm tomando um cálice retrógrado e tornando a sociedade cada vez mais intolerante.

Estereótipos físicos

Infelizmente, a cada dia mais, as pessoas são diferenciadas pela forma de seu corpo. Muitos destes estereótipos aplicam-se sobretudo ao peso das pessoas, em que muitas vezes não se valoriza a existência de problemas físicos ao seu peso, mas os estereótipos prefixados da sociedade pensam que é uma escolha própria por falta de cuidados de saúde. saúde