O que é permacologia? Características e Tipos

Permacologia é o processo pelo qual o estado do cabelo liso é alterado para encaracolado. É comumente conhecido como permanente.

Este processo foi criado há mais de 100 anos por Karl Nessler, embora já existam indícios desse processo que remontam aos antigos egípcios.

O cabelo sempre foi uma das características das mulheres e em quase todas as culturas foi adornado com diferentes propósitos.

O principal tema da permacologia é criar cachos perfeitos no cabelo das mulheres. Estes cachos podem ser usados ​​com o cabelo solto ou, por outro lado, adornam dependendo da ocasião.

História da permacologia

Os usos da permacologia remontam à Idade Antiga, onde as mulheres egípcias e romanas buscavam alternativas para mudar seus cabelos. Para realizar esse processo, as mulheres usaram uma mistura de solo e água e depois enrolaram seus cabelos em pequenos tubos de madeira e os deixaram secar ao sol.

Este processo, ao não alterar a química do cabelo, só durou até a mulher lavar o cabelo, onde desapareceu o efeito dos cachos. A mistura que eles usaram de terra e água era uma espécie de fixador de cabelo.

Em 1905, o uso da permacologia sofreu uma mudança radical graças a Karl Nessler. Este inventor fez uma máquina na qual o cabelo foi enrolado em bastões e aquecido. O problema com esse dispositivo era que ele só servia para clientes que tinham cabelos compridos e podiam enrolá-lo bem nas hastes.

Com a passagem da Guerra Mundial, a moda estava mudando e as mulheres optaram por cortes de cabelo muito mais curtos. Dessa forma, a máquina Nessler não era mais usada pela maioria das mulheres.

Em 1926 ele começou a usar o método de enrolar o cabelo com croquinol. Grampos aquecidos foram usados ​​com os quais o cabelo foi envolvido. Em 1931, Ralph Evans começou a usar dissulfeto para fazer a permanente em vez de calor.

Com este processo, o cabelo foi adaptado à sua nova forma através de uma reação química alterando a estrutura do cabelo.

Em 1938, Arnold Willat criou o que é conhecido como a primeira permanente fria. O cabelo ainda estava embrulhado em varetas e, em seguida, uma loção era aplicada para fazer o cabelo manter essa forma. Embora o calor não fosse necessário, esse processo exigia entre 6 e 8 horas à temperatura ambiente para que os cachos tomassem sua forma.

A partir dos anos 70, iniciou-se o processo onde as permanentes ácidas continham amônia, para que o processo pudesse ser acelerado com o calor.

Como funciona a permacologia?

O cabelo é composto de proteínas. Cada cabelo tem uma crosta que é formada por proteínas que são entrelaçadas entre si por polipeptídeos que dão força ao cabelo.

Em torno do córtex, encontramos a medula óssea, que é formada por diferentes ligações protéicas, e a que nos interessa na permacologia é a ligação natural do bissulfeto.

A permanente se concentra em quebrar as ligações dissulfeto para dar ao cabelo uma nova forma. O procedimento começa rolando o cabelo limpo em torno de uma haste, que irá variar de tamanho dependendo da curvatura que queremos.

Uma vez enrolada, uma loção alcalina é aplicada, a mais usada hoje é o tioglicolato de amônio. Esta loção alcalina é responsável pelo levantamento da cutícula que envolve o córtex e a membrana capilar, além de quebrar as ligações dissulfeto.

Uma vez que a loção tenha entrado em vigor, ela é enxaguada e seca para remover o excesso de água e um neutralizador é aplicado. Este neutralizador é responsável por re-formar as ligações dissulfeto e dar a nova onda que queremos para o cabelo.

Esta última parte é o processo mais delicado de todo o processo permanente e ao qual mais atenção deve ser dada.

Tipos de enrolamento

Enrolamento básico com encrespador

Este tipo de rolamento é usado nos permanentes em que se pretende dar mais volume ao cabelo. Nesse processo, a seção de rolagem é elevada entre 90 e 135 graus. Isso permite que, além de criar os cachos, eles adquiram volume.

Espiral rolada com encrespador

Esse tipo de rolamento é usado para cabelos longos que querem cachos, mas sem muito volume.

Para conseguir o efeito de cachos sem muito volume, os rolos são colocados verticalmente no cabelo. Desta forma, os cachos manterão a sua forma, mas o cabelo não terá mais volume.

Halo de estrela embrulhado

Esse tipo de rolamento é usado para criar cachos extremos e naturais, mas com muito volume. Este processo leva mais tempo desde que você tem que fazer mais divisões na cabeça e usar diferentes tipos de rolos.

Alguns serão colocados verticalmente no centro da cabeça, e ao redor serão usados ​​rolos triangulares que criarão um padrão de estrela intrincado

Enrolamento de trapézio

Este rolamento é perfeito para pessoas com cabelo curto, neste apenas a parte das pontas do cabelo é enrolada, deixando a raiz intacta.

Esta forma de rolar nos faz começar a enrolar os rolinhos do pescoço, e quando rolamos a parte de cima, vamos segurar os da parte de baixo da cabeça através de agulhas de madeira.

Referências

  1. MOLERO PALANCAR, Concepción, et al. Processos de cabeleireiro; volume II. Síntese Editorial. Madri, 1997.
  2. GINÉS, Y. LINA: Atlas de cabeleireiro (volume II). Instituto Monsa de Edições SA .
  3. HERNANDO, P .; JIMÉNEZ, eu. JIMÉNEZ, JC Tecnologia de cabeleireiro (I). Madri: Videocinco, 1995, p. 116
  4. DALTON, John W.; JÄGGI, Nuria Mangada; JÄGGI, Javier Mangada. Cabeleireiro profissional Paraninfo, 1988.
  5. CINTER, Gabriel. Morfologia e visagismo: manual técnico de cabeleireiro . Associação de cabeleireiros de Navarra, 1996.
  6. CANALES, Yolanda Fernández; FONTES, Ana Belén Talaverano; TROYA, Concepción Carrillo. O cabelo: a forma muda . Ediciones Paraninfo, SA, 1996.