Os 10 recursos mais destacados da brochura

Entre as características de uma brochura, destacam-se sua versatilidade como veículo para informar, sua linguagem compreensível, design marcante e seus índices.

É uma ferramenta fácil para atingir o público-alvo e oferece vantagens importantes para ser um meio econômico através do qual o impacto pode ser gerado.

Na maioria dos casos, os folhetos são entregues manualmente ou pelo correio. No entanto, como resultado das novas tecnologias, é comum que elas também sejam enviadas via Internet. Até mesmo alguns sites oferecem a possibilidade de imprimi-los na web.

Os folhetos podem ser usados ​​como material educacional suplementar, como um recurso para fornecer informações sobre um produto ou serviço ou como uma ferramenta de vendas.

Em todos os casos, o objetivo principal das brochuras é transmitir certas informações.

Para folhetos para cumprir eficientemente a sua função de divulgação de informações, é necessário que eles cumpram certas características que lhes permitam atingir o público de forma eficaz e comunicar essas informações corretamente.

As 10 principais características de uma brochura

1- tipos diferentes de acordo com seu uso

Os folhetos são caracterizados por serem muito versáteis, podem ser usados ​​em diferentes áreas e possuem características específicas de design.

Há os panfletos, que não têm dobras e oferecem as informações apenas na face principal, ou nos dois lados; Este tipo de brochura é geralmente a produção mais econômica.

Há também folhetos dobrados, como dípticos, trípticos ou quatreptics, que permitem que você adicione mais informações devido à sua superfície mais segmentada.

Quanto ao seu uso, os folhetos podem ser para fins acadêmicos, informativos, promocionais ou educativos, entre outros.

Em todos os casos, recomenda-se que a impressão seja ideal, de modo que a brochura seja visualmente atraente e gere uma sensação de segurança e confiança nas informações.

2- Direcionado para um público específico

O tratamento da informação dependerá fortemente do público a quem a brochura é endereçada. Um folheto não é o mesmo para estudantes, público acadêmico, clientes ou funcionários de uma empresa.

As particularidades dos destinatários determinarão o tipo de brochura a ser usada, a quantidade de informação, as características do desenho, incluindo a maneira de levar a brochura às mãos dos leitores ideais.

3- Informação relevante

A brochura tem a característica de ser útil para o seu público. A informação que é oferecida deve ser relevante em grande medida para o leitor.

Deve-se buscar que a brochura não seja um recurso descartável, mas o leitor sente o desejo de salvá-la e tê-la como material de referência.

Se for uma brochura destinada a vender um produto ou serviço, a informação deve mencionar os benefícios e a utilidade que esses produtos e serviços têm para o público leitor.

Esses benefícios devem ser destacados em toda a brochura, porque é a informação mais importante para os leitores.

4- Clareza no conteúdo

Os folhetos devem ser muito claros ao expor a informação. A questão central que quer ser divulgada deve ser claramente exposta.

É possível, até mesmo benéfico, acrescentar informações suplementares, dados de contexto ou também testemunhos de algumas pessoas relacionadas ao assunto tratado. Mas o tema central deve estar bem definido em todo o livreto.

5- Texto compreensível

O texto de uma brochura é caracterizado por ser simplificado e fácil de entender. Em geral, os folhetos oferecem espaço limitado; Por este motivo, caracterizam-se por sintetizar informações através do uso de uma linguagem direta.

Esta linguagem deve se adaptar ao público receptor; Por exemplo, o texto endereçado a uma criança tem características muito diferentes daquelas endereçadas a um adulto.

Em cada caso, as peculiaridades do público devem ser claras e, com base nisso, usar a linguagem mais conveniente.

Qualquer que seja a língua escolhida, deve facilitar a interpretação correta do texto. Uma linguagem complicada ou muito técnica será um obstáculo à leitura.

Por outro lado, o texto deve ser escrito corretamente, sem erros ortográficos e com uma estrutura gramatical adequada. Caso contrário, o leitor se dispersará e poderá descartar o folheto.

Entre as principais características de um folheto destaca o que está relacionado ao tipo de letra a ser usada. A carta deve ser legível, atraente e adaptada à informação oferecida.

Das três características da fonte, mencionadas acima, a mais importante é a legibilidade. Há casos em que o design bombástico de um tipo de letra pode ser surpreendente, mas dificulta a leitura.

Nesses casos, a possibilidade oferecida por uma tipografia de ler o texto de maneira fluida e correta deve ser sempre mais relevante.

7- Design marcante

A função principal de uma brochura é transmitir informação, e para que esta informação alcance o público eficazmente, é necessário que a brochura seja atraente, tenha um desenho dinâmico e harmonioso, adaptado à meta a que se destina.

É importante notar que o design deve facilitar a leitura da brochura e não ser um obstáculo. Um design marcante pode e deve enfatizar a compreensão absoluta da informação.

8- O menor texto possível

É importante evitar o excesso de texto. Embora o design seja atraente, muito texto pode ser esmagador e pode dificultar a leitura.

Um folheto é caracterizado por oferecer informações simplificadas. Em alguns casos, os tópicos a serem tratados podem ser bastante amplos ou densos, e a idéia é que eles podem ser transmitidos da maneira mais direta e simples possível, porque o folheto foi projetado para ser rápido de ler.

9- Índice

Se for um díptico ou tríptico, é recomendável adicionar um índice de conteúdo. Desta forma, o leitor terá acesso rápido às informações que lhes interessam.

10- Tabelas e gráficos

O folheto é uma ferramenta projetada para que o leitor, rapidamente, possa ter informações completas sobre um tópico, um produto ou um serviço.

Existem recursos que podem ajudar a disseminar a informação de maneira mais eficiente; Nos folhetos, tabelas explicativas, infografias ou gráficos podem ser usados ​​para facilitar a compreensão do assunto.