Elementos de um debate: quais são e quais são suas funções?

Os elementos-chave de um debate são a proposição (afirmação do debate), as partes (indivíduos que apóiam ou não a proposta), o discurso (mensagem para apoiar ou não a proposta, o juiz (moderador) e a decisão (tomada pelo juiz), bem como a argumentação, eixo central do conceito.

O debate é um processo através do qual opiniões são discutidas, desafiadas, apoiadas e defendidas. Muitos definiram o debate como o jogo da argumentação, pois consiste em apresentar, refutar e debater argumentos.

Além de ser o jogo da argumentação, o debate é um modelo de comunicação já que duas ou mais partes (que atuam como remetentes e destinatários) e uma mensagem (constituída pelas intervenções das partes) são apresentadas.

Elementos essenciais de um debate

1- A proposição

A proposição é a resolução que as partes devem apoiar ou refutar. Geralmente é apresentado em um dos seguintes formatos:

Tendo aceitado esse x, então y é verdadeiro / falso.

Se a é b e b é c, então a é b .

Esses x são y .

As proposições são sempre apresentadas em um formato afirmativo, isso não significa que elas devam ser tomadas como verdadeiras.

Um dos problemas mais comuns que surgem em torno da proposição é que as partes do debate usam argumentos que não estão 100% relacionados à proposição.

2- As partes

As partes são os indivíduos ou grupos envolvidos no debate. Todo debate deve envolver pelo menos duas partes: uma em favor de uma afirmação e uma contra ela. O trabalho das partes é convencer o juiz de que sua posição é a mais adequada.

Além disso, as partes devem estudar sua opinião em profundidade. Debater não é sobre tomar um lado e depois dizer que isso é melhor. O debate inclui um processo de investigação minuciosa pelos participantes.

3- Os discursos

O jogo de debate gira em torno de discursos que são apresentados por cada uma das partes. Nestes discursos, são apresentados os argumentos que sustentam ou refutam a proposta.

Os discursos geralmente estão sujeitos ao tempo: na maioria dos debates há um limite de tempo, que regula a intervenção de cada um dos participantes. Em geral, essas intervenções não excedem dez minutos.

Como o período de tempo de intervenção é curto, as partes devem saber apresentar seus argumentos corretamente, confiando na economia da linguagem e na persuasão para alcançar o efeito desejado.

4- O juiz

Em muitas ocasiões, os participantes do debate e os espectadores consideram que é dever das partes convencer a parte contrária. Essa ideia é falsa. Não se discute convencer o adversário, é debatido convencer um terceiro: o juiz.

O dever das partes é apresentar seus argumentos de tal forma que eles sejam capazes de convencer o juiz ou os juízes.

O dever do juiz é determinar qual parte apresentou os argumentos da maneira mais eficiente, que usou argumentos de 100% relacionados à proposição. Em resumo, qual das partes ganhou o debate.

5- A decisão

Em geral, pode-se dizer que o debate é um jogo subjetivo. Repetidamente, o perdedor sente que apresentou seus argumentos melhor que seu oponente.

Isto é em grande parte porque a decisão de quem ganha e quem perde depende dos juízes, que são seres humanos com idéias e opiniões preconcebidas.

Em qualquer caso, o número de juízes é geralmente maior que um, de modo que a decisão do vencedor é mais ou menos imparcial.

Talvez você esteja interessado Quem participa de um debate?

Elemento central do debate: o argumento

Tendo aceito que o debate é o jogo da argumentação, não se pode negar que o argumento é o elemento central do debate. Sem isso, os discursos das partes não fariam sentido, então os juízes não poderiam tomar uma decisão.

Todo argumento deve apresentar cinco aspectos: perspectiva, desenvolvimento, choque de idéias, refutação e defesa.

1- Perspectiva

A perspectiva é o ponto de vista tomado pelas partes no debate ao apresentar seus argumentos. Se a parte é a favor da proposta, então sua perspectiva será positiva.

2- Desenvolvimento

Isso se refere à maneira como as ideias que sustentam nosso ponto de vista são expostas. Não é suficiente apresentar o argumento, por mais apropriado que seja, mas deve ser desenvolvido.

3- Choque de ideias

Este é o momento em que as idéias de um lado são confrontadas com as do outro lado, que é uma parte essencial do debate.

4- Refutação

A refutação ocorre quando uma das partes apresenta argumentos que provam que a opinião da outra parte não é válida. Estes são conhecidos como contra-argumentos.

Para refutar corretamente, o grupo deve prestar muita atenção à intervenção de seu oponente. É dever do partido encontrar fraquezas, inconsistências e falhas nos argumentos da parte contrária.

5- Defesa

Os contra-argumentos não podem ser ignorados pela defesa, mas devem ser respondidos. A parte cujo argumento está sendo contestado defende sua opinião através de argumentos que invalidam os contra-argumentos.

A refutação e a defesa se repetem no ciclo: as idéias são apresentadas, refutadas, defendidas e refutadas novamente até o debate terminar.

Outros elementos dos argumentos que também merecem ser mencionados são a descrição, explicação e demonstração.

Os dois primeiros, demonstração e explicação, permitem que os argumentos sejam desenvolvidos de forma eficiente. O terceiro elemento, a demonstração, é usado quando as palavras não são suficientes para provar que a opinião de uma das partes está correta.