9 Exemplos de grupos sociais divididos por tipos

Grupos sociais são grupos de indivíduos que mostram certo grau de coesão, levando em conta que os elementos coesos devem ser significativos.

Um grupo de pessoas esperando na fila para pegar o ônibus não constitui um grupo social, mas um agregado porque o elemento que os une não é significativo.

Indivíduos de grupos sociais compartilham características como:

- interesses.

- Valores éticos, morais, políticos e econômicos.

- patrimônio social.

- Etnia

- laços de relacionamento.

Por outro lado, o psicólogo Muzafer Sherif define grupos sociais como unidades, compostas de indivíduos que interagem entre si por terem metas e objetivos semelhantes, relações estáveis ​​baseadas em status, normas e valores aceitos pelo grupo e sanções no caso as regras estão quebradas.

A definição de Sherif é mais complexa do que a proposta anteriormente. Ao mesmo tempo, é mais preciso, pois permite responder questões essenciais sobre a formação de grupos sociais, tais como:

- Como os grupos sociais são formados?

- Como eles funcionam?

- Quais elementos governam a interação dos indivíduos dentro dos grupos sociais?

Tendo definido quais são os grupos sociais, podemos dizer que existem centenas deles: em um único país, pode haver centenas de dezenas de grupos sociais coexistindo. Abaixo, exemplos de diferentes grupos sociais são apresentados.

Tipos de grupos e exemplos

Essencialmente, existem dois tipos de grupos sociais: primário e secundário. Ambos os grupos influenciam o comportamento dos indivíduos. No entanto, eles diferem no estágio em que sua influência é mais notável.

Os grupos primários

Os grupos primários são aqueles que influenciam o comportamento de um indivíduo nos primeiros anos de vida: infância e adolescência. Esses grupos moldam os valores básicos dos seres humanos, permitindo-lhes forjar sua identidade.

Os grupos primários são a primeira experiência que o ser humano tem de fazer parte de um coletivo.

Somado a isso, os grupos primários são caracterizados por serem mais duráveis ​​e estáveis ​​que os secundários. Existem dois grupos principais: família e amigos.

1- grupo familiar

O grupo familiar é o primeiro grupo com o qual um indivíduo interage. Este grupo fornece à pessoa os valores essenciais que definirão sua vida. Da mesma forma, é nesse grupo que o sentimento de pertencer se desenvolve pela primeira vez.

2- Grupos de amigos

O grupo de amigos é o segundo grupo com o qual uma pessoa estabelece relacionamentos. O sentimento de pertencimento que ele cria dentro do grupo familiar se expande para outros indivíduos que compartilham interesses semelhantes (livros, música, filmes, jogos, entre outros).

No entanto, os interesses são apenas uma maneira de forjar o primeiro contato. Uma vez que a primeira interação tenha ocorrido, os laços que serão formados serão tão fortes que o relacionamento durará mesmo que os interesses mudem.

O grupo de amigos é tão relevante que os amigos são considerados uma segunda família.

Grupos secundários

Os grupos secundários são maiores e mais impessoais que os grupos primários. Da mesma forma, eles são menos estáveis ​​e duráveis.

Um exemplo da natureza efêmera dos grupos secundários é um comitê que concorda em realizar uma festa de Natal no trabalho.

A comissão permanecerá unida enquanto planeja a festa, mas uma vez que isso tenha sido feito, o grupo se dissolverá.

Esses grupos são formados para resolver problemas, atingir objetivos comuns, compartilhar com pessoas que têm os mesmos interesses, entre outros. Aqui estão alguns exemplos de grupos secundários

3- Partidos políticos

Os partidos políticos são associações que são realizadas para promover as idéias e programas de um grupo que pretende alcançar um lugar no governo de um Estado.

As pessoas que fazem parte de um partido político estão unidas por uma ideologia e pelo desejo de governar. Os partidos políticos podem ser comunistas, socialistas, ecologistas, liberais, democratas-cristãos, social-democratas, conservadores, entre outros.

4 - Clubes de esportes

Clubes esportivos são associações livres e privadas, criadas por indivíduos que compartilham um interesse na prática e promoção de um esporte específico.

Barcelona, ​​Madri, Juventus e Napoli são exemplos de clubes de futebol esportivo.

5- Grupos religiosos

Os grupos religiosos são organizações sociais estruturadas em torno de uma doutrina, que procura responder às questões mais essenciais do indivíduo (como a origem do mundo e a vida no planeta Terra).

Os grupos religiosos mais destacados em todo o mundo são:

- Islamismo, Cristianismo e Judaísmo, que são monoteístas (afirmam a existência de apenas um deus).

- hinduísmo e xintoísmo, que são politeístas (afirmam que há mais de um deus).

- Budismo e taoísmo, que são não-teístas (negam a existência de deuses supremos).

6- Grupos de trabalho

Os grupos de trabalhos são aqueles que são formados dentro dos espaços de trabalho. Estas são, em princípio, associações forçadas porque o indivíduo não está na capacidade de decidir com quem ele compartilha o ambiente de trabalho.

7- Grupos de estudo

Os grupos de estudo são associações livres criadas pelo interesse de alcançar um objetivo comum: fazer pesquisa eficiente, entregar um trabalho de grupo, compartilhar conhecimento antes de uma atividade avaliada, entre outros.

8- Grupos de defesa minoritários

Estas são associações livres que são feitas com o objetivo de defender e dar visibilidade a outros grupos minoritários. Atualmente, esses grupos sociais ganharam popularidade. Alguns exemplos desses grupos são:

- feministas.

- Defensores dos direitos da comunidade LGBT.

- Defensores dos direitos das minorias étnicas.

9- Clubes de leitura

Clubes de leitura são grupos sociais que são criados com o propósito de comentar obras de literatura. Essas associações são criadas pelo interesse que os associados do clube compartilham: a leitura.